Home» Liturgia Diária» Não desprezeis nenhum desses pequeninos.

Não desprezeis nenhum desses pequeninos.  


Ano B – 11 de agosto de 2015

Cor Liturgica: BRANCO (3ª-feira da 19ª Semana Tempo Comum – Sta. Clara Vg, memória)

Mateus 18,1-5.10.12-14

Aleluia, aleluia, aleluia.
Tomai meu jogo sobre vós e aprendei de mim, que sou de coração humilde e manso! (Mt 11,29)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus.
18 1 Neste momento os discípulos aproximaram-se de Jesus e perguntaram-lhe: “Quem é o maior no Reino dos céus?”
2 Jesus chamou uma criancinha, colocou-a no meio deles e disse:
3 “Em verdade vos declaro: se não vos transformardes e vos tornardes como criancinhas, não entrareis no Reino dos céus.
4 Aquele que se fizer humilde como esta criança será maior no Reino dos céus.
5 E o que recebe em meu nome a um menino como este, é a mim que recebe..
10 Guardai-vos de menosprezar um só destes pequenos, porque eu vos digo que seus anjos no céu contemplam sem cessar a face de meu Pai que está nos céus.
12 Que vos parece? Um homem possui cem ovelhas: uma delas se desgarra. Não deixa ele as noventa e nove na montanha, para ir buscar aquela que se desgarrou?
13 E se a encontra, sente mais júbilo do que pelas noventa e nove que não se desgarraram.
14 Assim é a vontade de vosso Pai celeste, que não se perca um só destes pequeninos”.
Palavra da Salvação. 


Comentário do Evangelho
AMAR OS PEQUENINOS
            O amor aos pequeninos deve ser um ponto de honra para a comunidade cristã. Trata-se, aqui, de atitudes concretas de apreço, incentivo e estima, mormente em relação a quem está dando os primeiros passos na fé, uma vez que, nem sempre, é capaz de superar os obstáculos com que se defronta. Corre-se o grande perigo de assumir, diante desses pequeninos, uma atitude farisaica de rigorismo, apresentando-lhes exigências descabidas, a ponto de jogá-los fora da comunidade cristã e afastá-los da salvação.
            A exortação de Jesus – “Cuidem de não desprezar um só destes pequeninos” – revela que a fé é uma dinâmica, cujos passos vão sendo dados pouco a pouco. É inútil querer impor-se aos demais, e determinar o ritmo que devem seguir.
            Quem está dando os primeiros passos deve ser objeto de especial atenção. O abandono de certos hábitos e a acolhida do modo de ser próprio do discípulo do Reino, muitas vezes, é muito penoso. A simples força de vontade ou a firme decisão de ser diferente podem mostrar-se insuficientes quando se trata de mudar de vida. O efetivamente conseguido não corresponde àquilo que se deseja. Nem por isso, a comunidade tem o direito de desfazer-se de quem vai caminhando com dificuldade. Pelo contrário, este deve ser objeto de atenção redobrada, para não vir a esmorecer na sua opção pelo Reino.
 
 
Leitura

Deuteronômio 31,1-8

Leitura do livro do Deuteronômio.
31 1 Moisés dirigiu ainda a todo o Israel o discurso seguinte:
2 “Eis-me hoje com a idade de cento e vinte anos; não posso mais ir e vir, e o Senhor disse-me que eu não passaria o Jordão.
3 O Senhor, teu Deus, passará diante de ti; ele mesmo exterminará essas nações para que possuas a sua terra. E Josué vos conduzirá, como o declarou o Senhor.
4 O Senhor fará a esses povos como fez a Seon e a Og, reis dos amorreus, e à sua terra, aniquilando-os.
5 O Senhor vo-los entregará, e vós os tratareis exatamente como vos ordenei.
6 Coragem! E sede fortes. Nada vos atemorize, e não os temais, porque é o Senhor vosso Deus que marcha à vossa frente: ele não vos deixará nem vos abandonará”.
7 Moisés chamou em seguida Josué e disse-lhe em presença de todo o Israel: “Mostra-te varonil e corajoso, porque entrarás com esse povo na terra que o Senhor jurou a seus pais dar-lhes, e a repartirás entre eles.
8 O Senhor mesmo marchará diante de ti, e estará contigo, e não te . deixará nem te abandonará. Nada temas, e não te amedrontes”.
Palavra do Senhor.
 
 
Salmo Dt 32

A porção do Senhor é o seu povo.

 

O nome do Senhor vou invocar;

vinde todos e dai glória ao nosso Deus!

Ele é a rocha: suas obras são perfeitas.

 

Recorda-te dos dias do passado

e relembra as antigas gerações;

pergunta, e teu pai te contará,

interroga, e teus avós te ensinarão.

 

Quando o Altíssimo os povos dividiu

e pela terra espalhou os filhos de Adão,

as fronteiras das nações ele marcou

de acordo com o número de seus filhos.

 

Mas a parte do Senhor foi o seu povo,

e Jacó foi a porção de sua herança.

O Senhor, somente ele, foi seu guia,

e jamais um outro deus com ele estava.

 

Oração
Ó Deus, que, na vossa misericórdia, atraístes santa Clara ao amor da pobreza, concedei, por sua intercessão, que, seguindo o Cristo com um coração de pobre, vos contemplemos um dia em vosso reino. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Link: 98 pessoas viram!