Home» Liturgia Diária» Por isso, se vós não sois fiéis no uso do dinheiro injusto, quem vos confiará o verdadeiro bem?

Por isso, se vós não sois fiéis no uso do dinheiro injusto, quem vos confiará o verdadeiro bem?  

Dia 5 de Novembro – Sábado

XXXI SEMANA DO TEMPO COMUM
(Verde – Ofício do Dia)


Antífona de Entrada

Não me abandoneis jamais, Senhor, meu Deus, não fiqueis longe de mim! Depressa, vinde em meu auxílio, ó Senhor, minha salvação! (Sl 37,22s)


Oração do dia

Ó Deus de poder e misericórdia, que concedeis a vossos filhos e filhas a graça de vos servir como devem, fazei que corramos livremente ao encontro das vossas promessas. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.


Leitura (Filipenses 4,10-19)

Leitura da carta de são Paulo aos Filipenses.
4 10 Fiquei imensamente contente, no Senhor, porque, finalmente, vi reflorescer o vosso interesse por mim. É verdade que sempre pensáveis nisso, mas vos faltava oportunidade de mostrá-lo.
11 Não é minha penúria que me faz falar. Aprendi a contentar-me com o que tenho.
12 Sei viver na penúria, e sei também viver na abundância. Estou acostumado a todas as vicissitudes: a ter fartura e a passar fome, a ter abundância e a padecer necessidade.
13 Tudo posso naquele que me conforta.
14 Contudo, fizestes bem em tomar parte na minha tribulação.
15 Vós que sois de Filipos, bem sabeis como, no início do meu ministério evangélico, quando parti da Macedônia, nenhuma comunidade abriu comigo contas de deve-haver, senão vós somente.
16 Já por duas vezes mandastes para Tessalônica o que me era necessário.
17 Não é o donativo em si que eu procuro, e sim os lucros que vão aumentando a vosso crédito.
18 Recebi tudo, e em abundância. Estou bem provido, depois que recebi de Epafrodito a vossa oferta: foi um suave perfume, um sacrifício que Deus aceita com agrado.
19 Em recompensa, o meu Deus há de prover magnificamente a todas as vossas necessidades, segundo a sua glória, em Jesus Cristo.
Palavra do Senhor.


Salmo Responsorial 111/112

Feliz o aquele que respeita o Senhor!

Feliz o homem que respeita o Senhor
e que ama com carinho a sua lei!
Sua descendência será forte sobre a terra,
abençoada a geração dos homens retos!

Feliz o homem caridoso e prestativo,
que resolve seus negócios com justiça.
Porque jamais vacilará o homem reto,
sua lembrança permanece eternamente!

Seu coração está tranqüilo e nada teme,
e confusos há de ver seus inimigos.
Ele reparte com os pobres os seus bens,
permanece para sempre o bem que fez,
e crescerão a sua glória e seu poder.


Evangelho (Lucas 16,9-15)

Aleluia, aleluia, aleluia.
Jesus Cristo, Senhor nosso, embora sendo rico, para nós se tornou pobre, a fim de enriquecer-nos mediante sua pobreza (2Cor 8,9).
 
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas.
Naquele tempo, 16 9 disse Jesus aos seus discípulos: “Fazei-vos amigos com a riqueza injusta, para que, no dia em que ela vos faltar, eles vos recebam nos tabernáculos eternos.
10 Aquele que é fiel nas coisas pequenas será também fiel nas coisas grandes. E quem é injusto nas coisas pequenas, sê-lo-á também nas grandes.
11 Se, pois, não tiverdes sido fiéis nas riquezas injustas, quem vos confiará as verdadeiras?
12 E se não fostes fiéis no alheio, quem vos dará o que é vosso?
13 Nenhum servo pode servir a dois senhores: ou há de odiar a um e amar o outro, ou há de aderir a um e desprezar o outro. Não podeis servir a Deus e ao dinheiro”.
14 Ora, ouviam tudo isto os fariseus, que eram avarentos, e zombavam dele.
15 Jesus disse-lhes: “Vós procurais parecer justos aos olhos dos homens, mas Deus vos conhece os corações; pois o que é elevado aos olhos dos homens é abominável aos olhos de Deus”.
Palavra da Salvação.


Comentário ao Evangelho

SÓ DEUS É SENHOR
            O povo de Israel sempre esteve às voltas com a idolatria. E os discípulos de Jesus corriam o mesmo perigo. Apesar da denúncia patética dos profetas, a infidelidade a Deus campeou na vida do povo eleito. Com muita facilidade Israel deixava de lado Javé,  e aderia aos deuses dos povos vizinhos, que os fascinava. Tal atitude era classificada como adultério e prostituição, considerando o grau de profundidade que a aliança ligava Javé a seu povo.
            Os discípulos não estavam imunes das corrupções mundanas, em especial da atitude dos fariseus “que eram apegados ao dinheiro”. Quem idolatra o dinheiro, coloca Deus e seu projeto em segundo plano, e não tem escrúpulos de transformar o semelhante em vítima de sua ambição. Para ele, tudo se reduz ao terreno, a ponto de despreocupar-se com a própria salvação. Basta-lhe o prazer de possuir bens materiais e de usufruir deles.
            Jesus denuncia a inconveniência de servir a Deus e ao dinheiro. Os interesses de ambos são muito distintos. Não se deixando polarizar pelo dinheiro, o discípulo pode tirar dele bom proveito: “fazer amigos com o dinheiro da iniqüidade”. Serve-se dele para dar esmolas, manifestação da misericórdia do seu coração. A sabedoria bíblica já ensinava que a esmola é uma maneira excelente de granjear a amizade de Deus.

Oração
Pai, meu coração está todo centrado em ti, e em ti encontra consolo e proteção. Meu único anseio é não deixar que se abale esta segurança, fonte de minha felicidade.


Sobre as Oferendas

Ó Deus, que este sacrifício se torne uma oferenda perfeita aos vossos olhos e fonte de misericórdia para nós. Por Cristo, nosso Senhor.


Antífona da Comunhão

Vós me ensinais vosso caminho para a vida; junto de vós, felicidade sem limites! (Sl 15,11)


Depois da Comunhão

Ó Deus, frutifique em nós a vossa graça, a fim de que, preparados por vossos sacramentos, possamos receber o que prometem. Por Cristo, nosso Senhor.

MEMÓRIA FACULTATIVA

BEATO GUIDO MARIA CONFORTI
(Branco – Ofício da Memória)


Oração do Dia

Ó Deus, que, mediante a contemplação da cruz, imprimistes no coração de são Guido Maria Conforti o desejo ardente de anunciar o evangelho a todos os povos e doastes à vossa Igreja um pastor forte e generoso, por sua intercessão concedei também a nós trabalharmos constantemente pela salvação dos nossos irmãos, impelidos pela mesma caridade de Cristo, vosso Filho, que conosco vive e reina na unidade do Espírito Santo.


Sobre as Oferendas

Acolhei, ó Pai, estas oferendas, que vos apresentamos na festa do bispo são Guido, e, pela paixão do vosso Filho que celebramos neste mistério, dai-nos a sabedoria de vos ver, procurar e amar em todos os acontecimentos da vida. Por Cristo, nosso Senhor.


Depois da Comunhão

Senhor, nosso Deus, a comunhão com vossos santos mistérios suscite em nós a chama da caridade que alimentou intensamente a vida de são Guido Maria Conforti e o impeliu a doar a vida pela vossa Igreja. Por Cristo, nosso Senhor.


Santo do Dia / Comemoração (BEATO GUIDO MARIA CONFORTI)

Bispo, fundador da instituição dos missionários xaverianos, definido por isso como o “pastor de dois rebanhos”. Sacerdote diocesano em Parma (1888), arcebispo, primeiro em Ravena, depois em Parma, em 1885 funda uma congregação com o fim principal de evangelizar os não-cristãos.

Afirma com veemência que a evangelização destes em toda a parte da terra, assim como a cooperação à missio ad gentes e a permuta de dons entre as Igrejas constituem índice e ao mesmo tempo fonte de vitalidade e de renovação. Leão XIII, quando o nomeou arcebispo de Ravena aos 38 anos, disse-lhe: “Soube que querias ir à China. Ravena é a China da Itália!”

Em 1904 demite-se por motivo de saúde, retorna a seu instituto, até que Pio X o nomeia bispo de Parma, onde permanece até a morte, por cerca de 25 anos. Irá à China em 1928, para visitar a comunidade confiada a seus missionários. Morre a 5 de novembro de 1931 e é beatificado em 17 de março de 1966.

Link: 89 pessoas viram!