Home» Liturgia Diária» Nessa hora o Espírito Santo vos ensinará o que deveis dizer

Nessa hora o Espírito Santo vos ensinará o que deveis dizer  

Dia 15 de Outubro – Sábado

SANTA TERESA DE JESUS
VIRGEM E DOUTORA
(Branco, Prefácio Comum ou das Virgens – Ofício da Memória)


Antífona de Entrada

Como a corça que suspira pelas águas da torrente, assim minha alma suspira por vós, Senhor. Minha alma tem sede do Deus vivo (Sl 41,2s).


Oração do dia

Ó Deus, que pelo vosso Espírito fizestes surgir santa Teresa para recordar à Igreja o caminho da perfeição, dai-nos encontrar sempre alimento em sua doutrina celeste e sentir em nós o desejo da verdadeira santidade. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.


Leitura (Efésios 1,15-23)

Leitura da carta de são Paulo aos Efésios.
1 15 Por isso também eu, tendo ouvido falar da vossa fé no Senhor Jesus, e do amor para com todos os cristãos,
16 não cesso de dar graças a Deus por vós, lembrando-me de vós nas minhas orações.
17 Rogo ao Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai da glória, vos dê um espírito de sabedoria que vos revele o conhecimento dele;
18 que ilumine os olhos do vosso coração, para que compreendais a que esperança fostes chamados, quão rica e gloriosa é a herança que ele reserva aos santos,
19 e qual a suprema grandeza de seu poder para conosco, que abraçamos a fé. É o mesmo poder extraordinário que
20 ele manifestou na pessoa de Cristo, ressuscitando-o dos mortos e fazendo-o sentar à sua direita no céu,
21 acima de todo principado, potestade, virtude, dominação e de todo nome que possa haver neste mundo como no futuro.
22 E sujeitou a seus pés todas as coisas, e o constituiu chefe supremo da Igreja,
23 que é o seu corpo, o receptáculo daquele que enche todas as coisas sob todos os aspectos.
Palavra do Senhor.


Salmo Responsorial 8

Vós destes o domínio ao vosso Filho
sobre tudo o que criastes.

Ó Senhor nosso Deus, como é grande
vosso nome por todo o universo!
Desdobrastes nos céus vossa glória
com grandeza, esplendor, majestade.
O perfeito louvor vos é dado
pelos lábios dos mais pequeninos.

Contemplando estes céus que plasmastes
e formastes com dedos de artista;
vendo a lua e estrelas brilhantes,
perguntamos: “Senhor, que é o homem,
para assim vos lembrardes
e o tratardes com tanto carinho?”

Pouco abaixo de Deus o fizestes,
coroando-o de glória e esplendor;
vós lhe destes poder sobre tudo,
vossas obras aos pés lhe pusestes.


Evangelho (Lucas 12,8-12)

Aleluia, aleluia, aleluia.
O Espírito Santo, a verdade, de mim irá testemunhar; e vós minhas testemunhas sereis em todo lugar (Jo 15,26s).

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas.
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 12 8 “Todo o que me reconhecer diante dos homens, também o Filho do Homem o reconhecerá diante dos anjos de Deus;
9 mas quem me negar diante dos homens será negado diante dos anjos de Deus.
10 Todo aquele que tiver falado contra o Filho do Homem obterá perdão, mas aquele que tiver blasfemado contra o Espírito Santo não alcançará perdão.
11 Quando, porém, vos levarem às sinagogas, perante os magistrados e as autoridades, não vos preocupeis com o que haveis de falar em vossa defesa,
12 porque o Espírito Santo vos inspirará naquela hora o que deveis dizer”.
Palavra da Salvação.


Comentário ao Evangelho

INSTRUÍDOS PELO ESPÍRITO
            Jesus procurou inculcar nos seus discípulos uma confiança total na ação do Espírito Santo. Tal confiança seria necessária, em vista dos desafios que iriam encontrar no exercício da missão, e da conseqüente exigência de uma corajosa confissão da fé.
O Espírito Santo ajudá-los-ia a encontrar a palavra correta, quando fossem levados aos tribunais. Movidos por esta força divina, estariam em condições de testemunhar, com ousadia, a própria fé.
            A esta palavra de conforto segue uma outra, de séria advertência. Aí do discípulo que fraquejar e, numa hora de aperto, renegar sua fé, por não estar aberto à ação do Espírito. Suas perspectivas de discípulo infiel serão sombrias e preocupantes: o Filho do Homem irá renegá-lo, quando comparecer diante de Deus. Tratando-se de recusa a deixar-se mover pelo Espírito Santo, seu gesto será considerado blasfêmia contra ele. E para este pecado não se prevê perdão.
            Quem conhece Jesus apenas em sua dimensão humana, não chegando a aderir a ele pela fé e tornar-se seu discípulo, e até mesmo vir a falar contra ele, poderá ser perdoado. Tudo se passa diversamente com quem é discípulo, que chegou a reconhecer a messianidade de Jesus e sua íntima união com o Espírito Santo, por meio do qual opera milagres. Se disser algo contra Jesus, terá também proferido uma blasfêmia contra o Espírito Santo que age nele. Portanto, renegar Jesus é também renegar o Espírito; deixar-se instruir pelo Espírito é predispor-se para dar testemunho corajoso de Jesus.

Oração
Pai, seja eu instruído pelo Espírito Santo, para estar sempre pronto a dar testemunho corajoso de minha fé em teu Filho Jesus.


Sobre as Oferendas

Ó Deus, que nossas oferendas agradem à vossa majestade, como soube agradar-vos santa Teresa, consagrando-se inteiramente a vós. Por Cristo, nosso Senhor.


Antífona da Comunhão

Senhor, quero cantar eternamente a vossa misericórdia e vossa fidelidade de geração em geração (Sl 88,2).


Depois da Comunhão

Senhor, nosso Deus, concedei à vossa família, saciada com o pão do céu, cantar eternamente as vossas misericórdias, à semelhança de santa Teresa. Por Cristo, nosso Senhor.

Link: 94 pessoas viram!