Home» Liturgia Diária» Tu és meu filho amado; em ti ponho meu bem-querer.

Tu és meu filho amado; em ti ponho meu bem-querer.  

Dia 6 de Janeiro – Sexta-feira

TEMPO DO NATAL
(Branco, Prefácio do Natal – Ofício do Dia)


Antífona de Entrada

Para os retos de coração surgiu nas trevas uma luz: o Senhor cheio de compaixão, justo e misericordioso (Sl 111,4).


Oração do dia

Ó Deus, sede a luz dos vossos fiéis e abrasai seus corações com o esplendor da vossa glória, para reconhecerem sempre o Salvador e a ele aderirem totalmente. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.


Leitura (1 João 5,5-13)

Leitura da primeira carta de são João.
5 5 Irmãos, quem é o vencedor do mundo senão aquele que crê que Jesus é o Filho de Deus?
6 Ei-lo, Jesus Cristo, aquele que veio pela água e pelo sangue; não só pela água, mas pela água e pelo sangue. E o Espírito é quem dá testemunho dele, porque o Espírito é a verdade.
7 São, assim, três os que dão testemunho:
8 o Espírito, a água e o sangue; estes três dão o mesmo testemunho.
9 Aceitamos o testemunho dos homens. Ora, maior é o testemunho de Deus, porque se trata do próprio testemunho de Deus, aquele que ele deu do seu próprio Filho.
10 Aquele que crê no Filho de Deus tem em si o testemunho de Deus. Aquele que não crê em Deus, o faz mentiroso, porque não crê no testemunho que Deus deu a respeito de seu Filho.
11 E o testemunho é este: Deus nos deu a vida eterna, e esta vida está em seu Filho.
12 Quem possui o Filho possui a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida.
13 Isto vos escrevi para que saibais que tendes a vida eterna, vós que credes no nome do Filho de Deus.
Palavra do Senhor.


Salmo Responsorial 147/147B

Glorifica o Senhor, Jerusalém!
 
Glorifica o Senhor, Jerusalém!
Ó Sião, canta louvores ao teu Deus!
Pois reforçou com segurança as tuas portas
e os teus filhos em teu seio abençoou.
 
A paz em teus limites garantiu
e te dá como alimento a flor do trigo.
Ele envia suas ordens para a terra,
e a palavra que ele diz corre veloz.
 
Anuncia a Jacó sua palavra,
seus preceitos, suas leis a Israel.
Nenhum povo recebeu tanto carinho,
nenhum outro revelou os seus preceitos.


Evangelho (Marcos 1,7-11)

Aleluia, aleluia, aleluia.
Abriram-se os céus, e fez-se ouvir a voz do Pai: Eis meu Filho muito amado, escutai-o, todos vós! (Mc 9,7).
 
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas.
1 7 Ele pôs-se a proclamar: “Depois de mim vem outro mais poderoso do que eu, ante o qual não sou digno de me prostrar para desatar-lhe a correia do calçado.
8 Eu vos batizei com água; ele, porém, vos batizará no Espírito Santo.”
9 Ora, naqueles dias veio Jesus de Nazaré, da Galiléia, e foi batizado por João no Jordão.
10 No momento em que Jesus saía da água, João viu os céus abertos e descer o Espírito em forma de pomba sobre ele.
11 E ouviu-se dos céus uma voz: “Tu és o meu Filho muito amado; em ti ponho minha afeição.”
Palavra da Salvação.


Comentário ao Evangelho

A PASSAGEM PELAS ÁGUAS
            O batismo de Jesus está repleto de evocações. O simples gesto de passar pelas águas, conduzido por João Batista, escondia significados desconhecidos à primeira vista.
            A experiência batismal de Jesus evocava o êxodo do povo de Israel, quando, sob a liderança de Moisés, e guiado por Deus, atravessou o Mar Vermelho, rumo à terra prometida. A travessia do mar tinha um significado de banho purificador. Para entrar na terra da fraternidade e da igualdade, era preciso deixar para trás a mentalidade opressora e violenta da qual foram vítimas nas mãos do faraó. A vida nova, na terra prometida, só teria sentido se fosse uma ruptura com o passado de violência e morte, fruto do egoísmo.
            Tendo-se colocado na fila dos pecadores que estavam à espera do batismo de João, e sendo ele próprio batizado, Jesus quis ensinar que, como Filho amado do Pai, veio resgatar o ser humano do pecado, para transformá-lo em povo de irmãos. Para isso, passou pelo banho purificador do batismo. Jesus mesmo deu o exemplo, abrindo o caminho pelo qual todas as pessoas de boa-vontade haveriam de passar. Embora não tivesse pecado, ele não só indicou o caminho, mas também liderou a marcha da humanidade a ser resgatada do pecado.
            O êxodo do novo povo de Deus, a partir do batismo de Jesus, continua hoje na vida de quem aceita passar pelas águas, com Jesus.

Oração
Espírito que liberta do egoísmo, purifica-me de tudo quanto me mantém escravo do pecado.


Sobre as Oferendas

Acolhei, ó Deus, nós vos pedimos, as oferendas do vosso povo, para que alcancemos nos celestes sacramentos o que professamos por nossa fé. Por Cristo, nosso Senhor.

Antífona da Comunhão

Assim manifestou Deus o seu amor: enviou ao mundo o seu Filho único, para que vivamos por ele (1Jo 4,9).


Depois da Comunhão

Ó Deus, que pela participação neste sacramento entrais em comunhão conosco, fazei que sua graça frutifique em nós e possamos conformar nossa vida aos dons que recebemos. Por Cristo, nosso Senhor.

MISSA VOTIVA

SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS
(branco – Missal, pág. 382)


Oração do Dia

Ó Deus, que no coração do vosso Filho, ferido por nossos pecados, nos concedestes infinitos tesouros de amor, fazei que lhe ofereçamos uma justa reparação, consagrando-lhe toda a nossa vida. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.


Sobre as Oferendas

Considerai, ó Deus, o indizível amor do coração do vosso amado Filho, para que nossas oferendas vos agradem e sirvam de reparação por nossas faltas.
Por Cristo, nosso Senhor.


Depois da Comunhão

Ó Deus, que este sacramento da caridade nos inflame em vosso amor e, sempre voltados para o vosso Filho, aprendamos a reconhecê-lo em cada irmão e em cada irmã. Por Cristo, nosso Senhor.

Link: 199 pessoas viram!