Home» Liturgia Diária» Vinde a mim todos vós que estais cansados

Vinde a mim todos vós que estais cansados  

Dia 7 de Dezembro – Quarta-feira

SANTO AMBRÓSIO
BISPO E DOUTOR
(Branco, Prefácio do Advento I ou dos Pastores – Ofício da Memória)


Antífona de Entrada

Farei surgir um sacerdote fiel, que agirá segundo o meu coração e a minha vontade, diz o Senhor (1Sm 2,35).


Oração do dia

Ó Deus, que fizestes o bispo santo Ambrósio doutor da fé católica e exemplo de intrépido pastor, despertai na vossa Igreja homens segundo o vosso coração, que a governem com força e sabedoria. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.


Leitura (Isaías 40,25-31)

Leitura do livro do profeta Isaías.
40 25 “A quem então poderíeis comparar-me, que possa ser a mim igualado?”, diz o Santo.
26 Levantai os olhos para o céu e olhai. Quem criou todos esses astros? Aquele que faz marchar o exército completo, e a todos chama pelo nome, o qual é tão rico de força e dotado de poder, que ninguém falta ao seu chamado.
27 Por que dizer-te então, ó Jacó, por que repetir, ó Israel: “Escapa meu destino ao Senhor, passa meu direito despercebido a meu Deus?”
28 Não o sabes? Não o aprendeste? O Senhor é um Deus eterno. Ele cria os confins da terra, sem jamais fatigar-se nem aborrecer-se; ninguém pode sondar sua sabedoria.
29 Dá forças ao homem acabrunhado, redobra o vigor do fraco.
30 Até os adolescentes podem esgotar-se, e jovens robustos podem cambalear,
31 mas aqueles que contam com o Senhor renovam suas forças; ele dá-lhes asas de águia. Correm sem se cansar, vão para a frente sem se fatigar.
Palavra do Senhor.


Salmo Responsorial 102/103

Bendize, ó minha alma, ao Senhor.

Bendize, ó minha alma, ao Senhor,
e todo o meu ser, seu santo nome!
Bendize, ó minha alma, ao Senhor,
não te esqueças de nenhum de seus favores!

Pois ele te perdoa toda culpa
e cura toda a tua enfermidade;
da sepultura ele salva a tua vida
e te cerca de carinho e compaixão.

O Senhor é indulgente, é favorável,
é paciente, é bondoso e compassivo.
Não nos trata como exigem nossas faltas
nem nos pune em proporção às nossas culpas.


Evangelho (Mateus 11,28-30)

Aleluia, aleluia, aleluia.
Eis que o Senhor há de vir, a fim de salvar o seu povo; felizes são todos aqueles que estão prontos para ir-lhe ao encontro.
 
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus.
Naquele tempo, Jesus tomou a palavra e disse: 11 28 “Vinde a mim, vós todos que estais aflitos sob o fardo, e eu vos aliviarei.
29 Tomai meu jugo sobre vós e recebei minha doutrina, porque eu sou manso e humilde de coração e achareis o repouso para as vossas almas.
30 Porque meu jugo é suave e meu peso é leve.”
Palavra da Salvação.


Comentário ao Evangelho

VENHAM A MIM!
            A presença de Jesus na História visa a libertação do ser humano de toda sorte de escravidão. “Penar e carregar o fardo” apontam para a situação difícil do povo mais pobre, subjugado pela prepotência dos grandes, seja em nível sociopolítico seja em nível religioso. Jesus propôs-se a tirar-lhe dos ombros esta carga pesada. Como?
            Em primeiro lugar, mostrando-se manso e humilde de coração, cheio de misericórdia para quem era vítima da opressão. Diferentemente dos prepotentes, sabia compadecer-se dos pequeninos, fazendo-se solidário com eles.
            Em segundo lugar, recusando-se a multiplicar normas religiosas. Pelo contrário, reduzindo tudo ao essencial: amor e misericórdia. A religião, neste caso, torna-se prazeirosa, por respeitar a liberdade e ser humanizadora. Portanto, suave de ser vivida, leve de ser praticada.
            Em terceiro lugar, a proposta de Jesus supõe um ato da liberdade, sem se impôr, à revelia do ser humano. Comporta uma adesão pessoal a ele. Desta forma, a prática religiosa não será mera exterioridade. Antes, será expressão de sua convicção mais profunda.
            Convocando os pobres e humildes para se acercarem dele, Jesus lhes abre uma perspectiva nova de vida, fundada no amor.

Oração
Espírito que leva a Jesus, faze-me atender ao apelo de quem pode, por meio da mansidão e da humildade de coração, libertar-me de toda espécie de escravidão.


Sobre as Oferendas

Ó Deus, ao celebramos esta eucaristia, fazei que o Espírito Santo acenda em nós a mesma fé que iluminava santo Ambrósio ao proclamar a vossa glória. Por Cristo, nosso Senhor.


Antífona da Comunhão

Eu vim para que tenham a vida, e a tenham cada vez mais, diz o Senhor (Jo 10,10).


Depois da Comunhão

Ó Deus, que nos reconfortastes com este sacramento, fazei-nos progredir pelos ensinamentos de santo Ambrósio, para que, percorrendo corajosamente vossos caminhos, nos preparemos para o eterno convívio. Por Cristo, nosso Senhor.

Link: 101 pessoas viram!